PIS e Cofins sobre medicamentos: saiba como funciona

Pis E Cofins Saiba Tudo Sobre A Tributacao De Medicamentos Blog - Grupo Rangel | Contabilidade no Rio de Janeiro

Compartilhe nas redes!

Entenda como se dá a apuração do PIS e Cofins sobre medicamento

Informações importantes que vão ajudar você a entender como deve ser feita a apuração do PIS e Cofins sobre medicamentos da forma correta

A apuração do PIS e Cofins é uma dúvida tida por muitos gestores de empresas que atuam no ramo de medicamentos.

Entender como ela acontece é importante, principalmente tendo em vista o peso que esse impostos têm para a conformidade tributária da empresa.

Sabendo disso, no artigo de hoje traremos informações relevantes que vão ajudar você a conhecer melhor sobre o PIS e Cofins, dificuldades que gestores possuem quando se trata da incidência deles sobre medicamentos, o que fazer para simplificar o atendimento às exigências fiscais por parte da sua empresa.

O que são o PIS e a Cofins?

PIS é a sigla para Programa de Integração Social, já Cofins quer dizer “contribuição para o Financiamento da Seguridade Social”

Tanto o Pis quanto a Cofins são tributos que incidem sobre o faturamento de empresas.

No Simples Nacional o percentual cobrado varia de acordo com o total do faturamento dos últimos doze meses da empresa e o tipo de atividade desenvolvida.

No Lucro Presumido é calculado aplicando-se 0,65% (PIS) e 3,00% (Cofins).

Já no Lucro Presumido são utilizadas as alíquotas de 1,65% (PIS) e 7,6% (Cofins), sendo que a empresa pode se creditar desses mesmos percentuais nas compras de produtos.

A apuração de ambos os impostos e respectivos recolhimentos deve ser feita mensalmente..

Separamos alguns artigos que vão ajudar você a entender mais sobre o assunto:

O que é a incidência monofásica de tributos?

Geralmente o mesmo imposto é cobrado várias vezes ao longo de uma sucessão de negociações.

Ou seja, quando a indústria vende para os atacadistas, ela deverá recolhê-lo.

Na venda do atacadista para empresas varejistas, ele também precisará pagá-lo.

Quando as varejistas vendem para os consumidores finais também teremos, mais uma vez, o reconhecimento.

Em situações desse tipo dizemos que existiram 3 fases de recolhimento de tributos.

Mas há situações em que o imposto precisa ser pago em apenas um momento, geralmente pela indústria, encerrando a cobrança em fases subsequentes.

Em situações assim dizemos que houve a incidência monofásica do tributo.

Isso acontece muitos quando se trata da tributação do PIS e Cofins sobre medicamentos.

No PIS e Cofins monofásico, por exemplo, as farmácias não precisarão mais recolher o respectivo imposto.

Contudo isso é desconhecido por muitos gestores, o que faz com que empreendimentos que comercializam medicamentos passem a pagar tributos de forma desnecessária.

Quais dificuldades os gestores costumam ter sobre o assunto?

Nesse contexto, um dos principais desafios que os gestores têm de lidar consiste em saber quais os medicamentos têm a aplicação monofásica.

Além disso, muitos não foram informados que é possível recuperar valores pagos a maior sem necessidade.

É comum haver dúvidas quanto a apuração do PIS e Cofins pela empresa, de forma geral, visto que é um assunto específico para alguns administradores.

No vídeo abaixo você terá acesso a mais informações sobre o Pis e Cofins:

Como lidar da forma adequada com o PIS e Cofins sobre medicamentos?

Nesse sentido, para evitar que sua empresa perca dinheiro que poderia estar sendo investido no seu próprio progresso, é fundamental contar com apoio de quem entende.

Por meio de ajuda especializada você evita recolher valores superiores de tributos, os quais não sejam necessários.

Ainda, com a ajuda certa você consegue estar em dia com o fisco com mais facilidade.

Clique no link abaixo e saiba mais sobre quem pode ajudar você nesse assunto:

Grupo Rangel: somos uma contabilidade especializada em farmácias

Como observamos em nossa conversa, o PIS e Cofins obedecem regras específicas de cálculo, as quais podem variar de acordo com o regime tributário da empresa.

Nesse contexto, tratando-se de negócios que comercializam medicamentos, é importante considerar a incidência monofásica dos tributos.

Sabendo disso, ter o apoio de quem entende vai ajudar você a lidar com a situação com mais segurança e tranquilidade.

Nós, do Grupo Rangel, somos especialistas em farmácia e vamos ajudar você a estar em dia com o fisco!

Clique no botão abaixo converse com um de nossos especialistas e conheça de perto as vantagens de contar com o nosso apoio!

Preciso enxugar os gastos tributários e garantir a conformidade legal da minha farmácia!

Se você precisa de serviço relacionado ao artigo ou necessita de maiores informações sobre o assunto, conte conosco do Grupo Rangel Contabilidade.

Damos suporte aos nossos contratantes para que possam desenvolver continuamente seus empreendimentos de forma sustentável e com foco em seus resultados.

Entre em contato conosco utilizando as informações disponibilizadas em nosso website; caso prefira, você pode utilizar a ferramenta de chat do WhatsApp, ela fica localizada no canto inferior direito.

Será um prazer conversar com você. Até logo!

PRESSIONE AQUI AGORA MESMO E FALE JÁ CONOSCO PARA MAIS INFORMAÇÕES!

5/5 - (1 vote)
Summary
PIS e Cofins sobre medicamentos: saiba como funciona
Article Name
PIS e Cofins sobre medicamentos: saiba como funciona
Description
Entenda como se dá a apuração do PIS e Cofins sobre medicamento. Leia o nosso artigo e confira mais informações sobre o assunto.
Author
Publisher Name
Grupo Rangel Contabilidade
Publisher Logo

Fique por dentro de tudo e não perca nada!

Preencha seu e-mail e receba na integra os próximos posts e conteúdos!

Compartilhe nas redes:

Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn

Deixe um comentário

Veja também

Posts Relacionados

Precisa de uma contabilidade que entende do seu negócio ?

Encontrou! clique no botão abaixo e fale conosco!

Recomendado só para você
O que é o RPA e quando médicos precisam contar…
Cresta Posts Box by CP